sexta-feira, 29 de maio de 2009

Três pré-Alekhinistas em Ceuta 2000


Hoje um post "Notícias de África" no blogue "Anacruses" fez-me lembrar uma viagem de três (na altura ainda não, por isso pré-) Alekhinistas até Ceuta, onde se disputou no ano 2000 um torneio de xadrez entre cidades geminadas de Marrocos, Espanha e Portugal.
O quarto elemento da equipa era o saudoso autarca Rui Saraiva, o nosso "team-captain".Na foto encontramo-nos no restaurante "Al Andalus", vestidos com os indumentos apropriados para o momento solene. Lá o ritmo da vida é diferente, o almoço estende-se por toda a tarde.
Para o leitor interessado: um relato com alguma ficção pelo meio em http://anacruses.blogspot.com/2007/10/ceuta-2000.html .
A música mais ouvida durante a viagem (de carro) Lisboa-Sevilha-Tarifa era "African Reggae" da "Nina Hagen Band" que eu tinha gravada umas cinco vezes seguidas numa cassete...

<

O objecto no topo é um narguilé ou cachimbo de água, fumado em ambiente pacífico por pessoas que se querem bem. A aparição deste objecto aqui implica da minha parte um voto de esperança em relação a um "assunto pendente de foro íntimo do clube" :) ...

5 comentários:

Anónimo disse...

Pois cá está um destes teus parceiros para te dizer que continuas com os dotes premonitórios apurados:
E se eu te disser que tenho (trazido não de Ceuta mas da Tunísia, há 6 anos) um narguilé quase igual ao que postaste? Bem, talvez não seja nada de mais...
Mas se eu agora te disser que esse narguilé se partiu exactamente anteontem?!! Ah, pois...

Parabéns a todos, o blogue está excelente!
Já tinha tentado postar no artigo sobre o gato Óscar mas tinha de fazer um pouco de copy paste e parece que esta caixa de comentários não o permite.

Aleg, no post sobre o edifício antigo, já reparaste que o estore é de uma época mais recente? É como se ele percebesse que o seu lugar não é ali e tentasse uma fuga para o presente (para o futuro?) , evitando dessa forma acabar um dia no meio dos entulhos da construção já demolida...

Dervich

aleg disse...

Olá Dervich,
Isto já "cae de maduro", vê-se a olho nu que o Rini é um Helderziende. Acho que isto é só o começo...
Boa observação sobre a tentativa de fuga da cortina, não o tinha percebido antes.

Rini,
Nina Hagen, que temperamento!

Rini Luyks disse...

"Isto é só o começo..."
Muitas vezes, Alberto, um "helderziende" ou clarividente ("clairvoyeur" gosto menos, pois parece um "voyeur" com um bom par de binóculos...) também possui o dom de "ver" uma pessoa, tocando num objecto dessa pessoa. Isso ainda não consigo, mas estou a trabalhar para isso.
Ontem à noite andei na zona de Santos no mesmo t-shirt branco que tinha vestido como talismã no nosso encontro decisivo com a Universidade dos Açores (3 de Maio, 7ª ronda 2ª Divisão C): uma recordação da Ilha de S. Miguel (Açores) com pequena silhueta duma baleia.
Na entrada do Teatro "A Barraca" (peça em cena: "O Inspector Geral" de Gogol, recomendado) encontrei Kot Kotecki, o encenador polaco do qual falei num comentário ao post sobre o filme "Chess Fever" (13 de Maio). Já não tinha visto o homem em mais de uma década, desde que trabalhei com ele na EXPO '98.
Depois do abraço caloroso lembrei-lhe o espectáculo no castelo em Montemor-o-Velho de que falei no comentário e ele disse logo: "Sim, li no teu blogue, há três dias!"
No acho especial que ele leu o nosso blogue: ele é bem capaz de começar cada dia dactilografando "Kotecki" no Google Search para verificar se ainda está na ribalta (ai, depois duma afirmação destas será melhor não encontrá-lo na próxima década, o eslavo é mais forte do que eu...). Mas encontrá-lo dentro de três dias, numa peça "O Inspector Geral" de Gogol!?
Ah pois claro, o t-shirt dele era azul, mas com a mesma pequena silhueta de baleia: "S. Miguel, Açores". Brrrr!

Rini Luyks disse...

errata: "Não acho especial ele ter lido o nosso blogue..."

aleg disse...

Bom dia Rini,
Népa!--->tradução: nada é por acaso :)

As vezes as erratas são senão certezas com sentido de humor...