terça-feira, 20 de março de 2012

Vale São Cosme... uns felizes instantes...antes do pesadelo alekhinista:)

PASSADOS JÁ ALGUNS DIAS DESDE A NOSSA LONGA VIAGEM DE AUTOCARRO A FAMALICÃO, FICA AQUI UM BREVE REGISTO FOTOGRÁFICO, COMO AMOSTRA DE QUE APESAR DOS RESULTADOS DESPORTIVOS QUE PODEM SER EXCELENTES OU DESASTRADOS, O QUE FICA SEMPRE É A EXPERIÊNCIA DE VIDA, A PARTILHA ENTRE PESSOAS AFICIONADAS A ESTE JOGO, QUE É TAMBÉM, PORQUÊ NÃO, UM BOM PRETEXTO PARA COMPARTILHAR, SEJAMOS NÓS AMADORES OU PROFISSIONAIS, OU AINDA...
AMADORES PROFISSIONAIS:)


REPAREM NO GENEROSO TAMANHO DAS MESAS PROVINCIANAS. REPARARAM?
TUDO ISTO ENCHEU-SE LOGO COM AS MELHORES COMIDAS DO LUGAR...



NÃO SE PODE DEIXAR DE ADMIRAR AS PAISAGENS, DECIDIDAMENTE DESPREOCUPADAS DOS PARECERES ESTÉTICOS DOS MAIS EXIGENTES TURISTAS...
ASSIM FOI O NOSSO PASSEIO ATÉ AO LUGAR DO ENCONTRO... NÃO É MARAVILHOSO?
APESAR DO AMADORISMO FOTOGRÁFICO DE QUEM ISTO ESCREVE...






LÁ AO LONGE ESTÃO AS APRESSADAS SILHUETAS DOS GLADIADORES DA "ARMADA ESTRANGEIRA"

DEZ MINUTOS ANTES, JÁ AO PÉ DO SURPREENDENTEMENTE ENORME COMPLEXO EDUCATIVO DIDAXIS 


************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************************

E PARA FAZER JUSTIÇA AO TÍTULO DO POST ANTERIOR, EIS A ÚLTIMA IMAGEM JÁ NA VIAGEM DE VOLTA....BRRRRRR





2 comentários:

Anónimo disse...

Fica para a posterioridade este registo, Alberto.
Tenho uma notícia aparte: já comprei o livro "Schakers - portretten") de Jan Timman que comeca (máquina holandesa nao tem c de cedilha nem til...) com o capítulo sobre Alekhine e logo com dois nomes de alekhinistas: Dagoberto Markl, claro, nao podia deixar de ser, Timman tinha de incluir o trabalho de investigacao deste grande historiador.. e Marinus Luyks, pois Timman lembrou-se do meu convite (escrito a mao...) no verao do ano 2000 (e nao 2004, como afirma Timman) para ele participar no Festival do Xadrez desse ano, o que aconteceu.
Mais sobre o assunto depois do meu regresso, pois esta máquina poe me nervoso...

Marinus

Beto Eggertchi disse...

Que boas notícias, Marinus!
Agora o menos que podias fazer é traduzir o livro ao português.
Acho que é quase um dever histórico!
Logo do português para o russo é um saltinho!
Bom regresso!