domingo, 10 de outubro de 2010

Sandrine Bonnaire


Como anunciado mais um post sobre Sandrine Bonnaire (pode parecer uma "overdose", mas ao fã tudo deve ser perdoado).
Ontem o filme "Joueuse" foi exibido no Cinema São Jorge, na presença da realizadora Caroline Bottaro e da actriz principal.
Aqui mais dois fragmentos, tirados do site: http://castelmoissac-echecs.fr/spip.php?article254#forum266 .



"La dame est la pièce la plus puissante!" ("A dama é a peça mais poderosa!")




Hoje assisti no bar do hotel Sofitel à apresentação dum livro autobiográfico sobre Sandrine, publicado recentemente...



...com sessão de autógrafos...



Não comprei o livro de Sandrine, mas apresentei para autografar o livro que utilizei nas minhas aulas de xadrez para os reclusos na Penitenciária de Lisboa (entre 1999 e 2002), com o argumento: o jogo de xadrez tem um papel de libertação tanto no filme "Joueuse" (onde uma simples mulher-a-dias encontra a auto-estima graças ao xadrez) como na prisão, onde o jogo proporciona uma "libertação temporária" aos reclusos...


...e a Sandrine concordou (clicar para ampliar)


A seguir vi hoje à noite o impressionante documentário (premiado no Festival de Cannes 2007): "Elle s'appelle Sabine", com Sandrine Bonnaire no papel de realizadora.
Sabine é o nome duma irmã autista de Sandrine. O documentário é uma fortíssima mensagem política contra a ocultação da problemática do autismo.
No vídeo vimos Sabine a tocar duas vezes o "Ave Maria" de Bach/Gounod: primeiro após uma estadia forçada de cinco(!) anos num hospital psiquiátrico (por falta de acompanhamento específico para pessoas autistas) e depois anos antes, ainda em casa.
Segue-se o testemunho de Sandrine.
Uma grande mulher.

6 comentários:

Albertus disse...

Excelente trabalho, especialmente gostei da foto da sessão de autógrafos

Rini Luyks disse...

Ainda duas anedotas:
- no filme: o torneio ganho pela empregada doméstica Hélène é um torneio "amador, mas de bom nível", afirma o director da prova quando ela se inscreve.
Primeiro prémio: 1500 euros!! Bem...
- depois do filme na conversa com o público a realizadora Caroline Bottaro brilhou: "Normalmente os torneios são separados em masculinos e femininos, para evitar que as mulheres ganhem aos homens!"

Rini Luyks disse...

Aliás (Albertus e RFM): aguardamos com impaciência o vosso relato das hostilidades na arena medieval de Estarreja ontem (post de 6 de Outubro)!

Albertus disse...

Hola Rini,
Estarreja foi um espectáculo, podes crer! Apesar de terminar "só" com 6 pts, o Rui sempre combateu lá encima, e eu, desta vez lhe cobri as costas, embora um bocado desde longe (os putos não me deixaram levantar cabeça:)).
Foi após o jogo com o Galego (vi a sua foto no post anterior), em que gastei força demais, a que logo me faltou no resto dos confrontos...
Foi uma festa, sem lugar a dúvidas!
Estou tentar a reconstruir alguns jogos mais duros...

Rini Luyks disse...

Pois tirei a foto do GM português, por tornar a piada explicita demais... mas posso voltar a pôr :)!

Albertus disse...

O Autor é que decide, ai ninguém se mete...:)