quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Argentina vai!

Finalmente a incognita do clássico rioplatense se tem definido nos últimos minutos do partido, com o remate do jogador de Huracán, Bolatti, assegurando-se a passagem directa para o Mundial de África 2010...
Até aquí, tudo bem, el Diego está exultante, o povo argentino (futbolero) feliz, mas... eis aqui o grande segredo da derrota uruguaia....


É que com esse pedaço de minón, os uruguaios não têm porque ir para lado nenhum!!! :)

10 comentários:

Rini Luyks disse...

O sol brilha para quem abre os olhos, mas este sol encandeia mesmo!
Onde estava ela durante o jogo? Atrás da baliza do goleiro uruguaio?
Mas Uruguay teve sorte: ainda vai ao play-off (tal como Portugal...), pois Equador perdeu também.

aleg disse...

Imediamente após o jogo, já na conferência de imprensa, o grande Diego explodiu: " Eu sou branco ou preto, mas nunca cinzento! Os que não acreditaram em mim (pelos jornalistas), sigam "chupándola!", - asseverou. :)))
Mais detalhes:
http://www.maisfutebol.iol.pt/internacional/iol/1095865-1490.html

Rini Luyks disse...

Compare por exemplo a diferença entre o festejo dos golos decisivos nas últimas jornadas por Diego Maradona ("preto ou branco") e Carlos Queiroz ("cinzento, muito cinzento").
Agora vou dizer uma coisa bastante polémica, especialmente depois de Portugal ter conseguido o "menos mal": na minha opinião Carlos Queiroz é uma força de bloqueio na selecção nacional portuguesa.
Por que as coisas correram bem com Scolari em 2004 e 2006 e (acho eu) também com Humberto Coelho em 2000? Porque são homens com uma personalidade carismática (Scolari mais talvez, mas sempre gostei muito de Humberto Coelho também).
Espero estar enganado, mas o destino da selecção de Portugal no Mundial da África do Sul com Queiroz (se vencer o play-off) poderá muito bem ser semelhante àquele da equipa no Mundial de 2002 com o seleccionador António Oliveira (aquele de muletas) que passou de Besta (derrota 2-3 contra os Estados Unidos) para Bestial (vitória 4-0 contra a Polónia) para Besta Ainda Maior (derrota 0-1 contra Coreia do Sul, inclusive fim de carreira inglória de João Pinto).
Já reparou, caro leitor, no SORRISO do Sr. Carlos Queiroz? Acho que em bom português se diz: um sorriso amarelo. Nós, holandeses, também temos uma expressão bastante adequada: "Ele ri-se como um camponês com dor de dentes". No caso do Sr. Queiroz: expressão muito adequada mesmo...

aleg disse...

Caro Rini,
no sejamos tão exigentes, mestre!
E por casa como andiamo? Me refiro a Holanda!

Rini Luyks disse...

Na Holanda tudo na maior!
Faliu o banco DSB, o patrocinador do campeão nacional AZ Alkmaar.
Como vês, Alberto, a minha atitude em relação ao futebol é ambígua: gosto de ver um bom jogo, mas gosto também de denunciar todas as maquinações na modalidade...

aleg disse...

Está certo, Rini...
Como está certo que a menina Ana Matnadze é uma autêntica bomba (vê-lá no Viriato...)

Rini Luyks disse...

Afinal parece que Maradona vai ter mesmo problemas com a FIFA pelo seu "convite chupa-chupa" aos jornalistas "adversários".
A FIFA está cheia de "old men", mas pelos vistos não querem ser "dirty", pelo menos em funções :)!

aleg disse...

El Diego agora não interessa, Rini!
A formosa Matnadze é que é!
Por favor!

Rini Luyks disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rini Luyks disse...

Estás apanhado pela Matnadze, Alberto!
Com certeza já foste ao blogue dela...Aqui há gata à solta, ainda por cima com sete línguas (a falar). Impressionante!
Mas como "gatinha alekhinista" eu preferia a amiga dela Sopiko Guramishvili, o lá lá, faz me lembrar a Laetitia casta como Falbala em "Asterix e Obelix contra Cesar" (1999).