terça-feira, 1 de junho de 2010

Desenferrujando as armas...

À falta de escassos meses para o começo do Campeonato da Primeira Divisão, a equipa do GXAlekhine recomeça pouco a pouco a sua actividade competitiva. Até há muito pouco eram duas as frentes de luta (Taça de Portugal e Taça de Lisboa), agora só ficamos na Taça lisboeta. No jogo com a equipa de Torres Novas, comandada pelo incansável propulsor do xadrez na zona de Santarém, Paulo Costa que tirou partido do meu erro na abertura e logo não desaproveitou outras das minhas várias imprecisões que deram-lhe o justo triunfo. O primeiro tabuleiro dessa homogénea equipa, Diogo Alho, um jogador que já há algum tempo merece obter no mínimo o título de MF, aguentou-se a pressão do nosso experiente e rejuvenescido quase veterano, MI Fernando Silva, empatando um jogo que à partida prometia ser para o Fernando...
Eis a bela posição após a aparentemente normal jogada das brancas 27. Bd6...
Diogo Alho - Fernando Silva



As pretas responderam com...
27...___

_____________________________________________________

Já no dia seguinte, na Taça de Lisboa, contra a AC Luís Camões, eu, com a firme decisão de não dobrar tão facilmente os meus peões (pela lição que me deu Paulo Costa no dia anterior, - -Obrigado, Mestre!:)), defrontei ao sempre sereno jogador dessa equipa, Luís Quintino, com quem tive que lutar para empatar, surgindo-nos esta bonita posição que, segundo intuo, talvez seja mais para o bando claro... no momento e com pouco tempo no relógio, resolvi "simplificar" e logo chegou-se ao empate.
Posição para analisar, jogam as brancas e... -

Albertus - Quintino 2010



10 comentários:

Anónimo disse...

Bh6 na primeira?!...

Dervich

Albertus disse...

Exacto,
27...Bh6!! 28.Cf6+ Rg7 29.Dh6+ Rh6 30.Bf4+ Rg7 31.Be5...
e agora?

Anónimo disse...

Er...pois, boa pergunta...

Se calhar não haverá muito melhor que liquidar tudo, 31...Dxf6 32.Bxf6+, Rxf6 e jogar com os peões a mais, mas possivelmente dará só empate, será o que se passou na partida?!...
Dervich

Albertus disse...

Foi mesmo isso o que aconteceu no jogo, Dervich, mas se olhamos para os peões do flanco do Rei, mais alguns temas dos peões avançados pretos, não nos caberia dúvida alguma que o bando moreno tem a vantagem decisiva. Isso mesmo terá pensado o Fernando Silva, e entrou naquilo. Só que o tempo também joga, e nos apuros havia que escolher melhores jogadas, coisa que não se conseguiu. Contudo, apenas o jogo terminou, o Fernando indicou logo uma jogada bem melhor, que conservava a Dama e ganhava o jogo... Aquela jogada é...:)

Rini Luyks disse...

O nº da jogada em Alho-Silva foi 28. Bxd6, por isso 32...Dxf6, mas melhor como indicou o mestre Silva: 32...Da5! (já que ninguem respondeu até agora...)

Rini Luyks disse...

Na segunda posição contra Quintino acho que as brancas ganham com 1. a4!, pois o que jogam as pretas? 1...Rg4 ou 1...Rf4; 2. Bg2/Bh1 e 3. Rb7; 1...Ch6; 2. Rb7 - Cg4; 3. Rxa7 -Cxf2; 4. Bg2 etc.
Bispo (e o peão branco a!) muito mais forte do que o cavalo, não?

Albertus disse...

Pois é, Rini!
É isso mesmo, no meu finalito eu vi a 1.a4, mas tendo pouco tempo no relógio, optei por uma outra movida e o cavalo das pretas estragou muito bem toda a vantagem que eu tinha, é para lhe dar os parabéns ao Quintino, ele anda certinho e está a fazer uma boa Taça.

Albertus disse...

E no entanto...mesmo com 1.a4---
tenho as minhas dúvidas.....

Rini Luyks disse...

Ah sim, Alberto?
Em que variante estás a pensar!?

Albertus disse...

Eu nunca penso em variantes, Rini!
Repara nos meus jogos...
É um palpite mais que nada..:)